Happy é a plataforma 100% digital da Nextel

O novo Nextel Happy dará total autonomia ao consumidor para montar seu plano, consultar sua utilização em tempo real e escolher a forma de pagamento.

Happy é a plataforma 100% digital da Nextel

A Nextel lançou esta semana uma plataforma 100% digital que dará total controle aos clientes para comprar internet e minutos de ligações, acompanhar o consumo de dados e voz em tempo real e alterar a forma de pagamento quando quiser. O modelo coloca o cliente no controle das decisões.

Desenvolvida em parceria com a Ericsson, o Nextel Happy começa a operar nos DDDs 13 e 19 e, até o final de janeiro, chegará em São Paulo e Rio de Janeiro. A mudança para o conceito digital e centrado no usuário é uma tendência, já apresentado em outros apps como o Nubank.

“O Happy foi desenvolvido pensando nas necessidades dos consumidores digitais, que buscam autonomia, flexibilidade, e agilidade. Esta nova plataforma é a garantia de que o cliente estará sempre no comando de sua relação com a operadora e pagará somente pelo que for essencial para si”, afirma Francisco Valim, presidente da Nextel Brasil.

A facilidade na utilização do app é o ponto chave para garantir o empoderamento do cliente. Disponível gratuitamente na App Store e Play Store, o cliente tem a possibilidade de solicitar o recebimento de um chip em casa ou, se preferir, comprá-lo em lojas físicas da Nextel ou pontos de venda autorizados.

O processo de ativação também é novo, onde o cliente monta o plano de acordo com suas necessidades, e não precisa contatar a operadora. Também no app é possível acompanhar em tempo real o consumo de dados e minutos de voz, alterar o plano, a forma de pagamento ou ainda fazer o cancelamento do serviço.

Aplicativos de mensagens como WhatsApp, Messenger e Telegram terão seu uso liberado, inclusive para ligações de voz (VoIP), sem desconto da franquia de dados. “A Nextel acredita que cada cliente é único e, por isso, somos a única operadora a permitir a contratação exclusiva de planos de internet, sem a necessidade de combinar com minutos de voz”, esclarece Valim.

Para você, que assim como eu, gosta de usar serviços pensados para a experiência do consumidor provavelmente vai gostar da novidade. Agora só falta testar a cobertura – pois de nada adiante ter uma UX sem cobertura – e o dia a dia com o aplicativo.